AUMENTO DE HERPES-ZÓSTER DURANTE PANDEMIA É ESTUDADO POR PESQUISADORES

41
362

 

 

 

 

As mudanças na rotina a que todos estavam acostumados antes da pandemia de covid-19, as alterações de humor e de hábitos alimentares vêm sendo verificadas por estudos como possíveis colaboradoras para o aumento de casos de doenças autoimunes e de saúde mental. Um exemplo é a herpes-zóster, doença infecciosa causada pelo mesmo vírus da catapora, que pode voltar a surgir durante a idade adulta provocando bolhas vermelhas na pele.

Para entender as causas do aumento dessa doença durante a pandemia, pesquisadores da Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes), apoiados pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig), desenvolveram o estudo “Increase in the number of Herpes Zoster cases in Brazil related to the Covid-19 pandemic” (“Aumento no número de casos de herpes-zóster no Brasil relacionados à pandemia de covid-19”).

Segundo o coordenador da pesquisa, professor Hercílio Martelli Júnior, o estudo avaliou a frequência dos casos clínicos de herpes-zóster, em todas as macrorregiões brasileiras, comparando o período pré-pandêmico com o curso da covid-19. “Observou-se que, no período que antecedeu a pandemia, tínhamos 30,2 casos de herpes-zóster para cada 1 milhão de pessoas. Durante a pandemia, este número saltou para 40,9 casos por 1 milhão de indivíduos”, informa.

Apesar disso, o coordenador destaca que ainda não é possível estabelecer os mecanismos imunológicos que podem estar envolvidos nestas alterações. “Mais estudos, com outras populações e diferentes desenhos metodológicos, irão ampliar a compreensão destes resultados clínicos”, observa. Além de Hercílio Júnior, também participaram do estudo as professoras da Unimontes Célia Maia e Daniella Martelli e o professor Luiz Fernando de Rezende, os professores Nelson Pereira Marques, da Unicamp, e Edson de Lucena, da Universidade Federal da Paraíba (UFPB).

– Métodos e resultados

O estudo teve como objetivo reunir informações capazes de refletir a realidade de todas as cinco macrorregiões brasileiras (Centro-Oeste, Nordeste, Norte, Sudeste e Sul). A partir daí, foi feita análise dos dados quantitativos consolidados, extraídos do Sistema Único de Saúde (SUS) entre março e agosto de 2020, durante a pandemia da covid-19. “Para efeito comparativo, no mesmo período cronológico, foram adotados os dados de 2017 a 2019, período este pré-pandêmico”, informa Hercílio Júnior.

Foi observado o aumento de casos em todas as macrorregiões do país. “Por exemplo, foi verificado este incremento da ocorrência de herpes-zóster, variando de +23,6% no Nordeste a +77.2% na região Centro-Oeste”, cita o pesquisador. No geral, o país teve um aumento de 35,4%, comparando o período de pandemia com o intervalo pré-pandêmico.

– Herpes-zóster

Conhecida popularmente como cobreiro ou zona, a herpes-zóster é uma doença contagiosa para aquelas pessoas que nunca tiveram catapora ou que não foram vacinadas, já que são doenças causadas pelo mesmo vírus. Contudo, diferente da varicela, a herpes-zóster não é transmitida por via respiratória.

Uma das principais características do cobreiro é que a lesão não ultrapassa a metade do corpo, ou seja, a linha média que divide o corpo em duas partes: o lado direito e a lado esquerdo. Outra característica é que o vírus fica incubado no nervo e pode voltar a surgir a qualquer momento, principalmente quando há uma baixa na imunidade do sistema imunológico.

(Via: Agência Minas)

JORNAL GAZETA DE NOVA SERRANA, NOTÍCIA E INFORMAÇÃO EM 1° LUGAR! PARTICIPE DO NOSSO GRUPO NO WHATSAPP: (37)99972-8787

 

 

41 COMMENTS

  1. … [Trackback]

    […] Read More Info here to that Topic: maisgazeta.com/aumento-de-herpes-zoster-durante-pandemia-e-estudado-por-pesquisadores/ […]

  2. Unquestionably believe that which you stated. Your favorite justification appeared to be on the internet the simplest thing
    to be aware of. I say to you, I definitely get annoyed while people think about worries
    that they plainly do not know about. You managed to hit the nail upon the top as
    well as defined out the whole thing without having side-effects , people could take a signal.
    Will probably be back to get more. Thanks

  3. What i do not realize is in fact how you’re
    no longer really much more neatly-liked than you may be now.
    You’re very intelligent. You already know thus considerably in the case of this matter, made me personally consider it from numerous various angles.
    Its like men and women are not interested except it’s one thing
    to accomplish with Woman gaga! Your individual stuffs nice.
    All the time handle it up!

  4. Howdy would you mind letting me know which
    webhost you’re utilizing? I’ve loaded your blog in 3 completely
    different internet browsers and I must say this blog loads a lot quicker then most.

    Can you suggest a good internet hosting provider at a fair price?
    Cheers, I appreciate it!

  5. I don’t know if it’s just me or if perhaps everyone else encountering issues with your blog.

    It appears as though some of the written text on your content are running off the screen.
    Can somebody else please comment and let me know if this is happening to them as well?
    This could be a problem with my internet browser because I’ve had this happen before.
    Thank you

  6. … [Trackback]

    […] There you will find 73805 more Information on that Topic: maisgazeta.com/aumento-de-herpes-zoster-durante-pandemia-e-estudado-por-pesquisadores/ […]

  7. Great article! This is the kind of information that are supposed to be shared around the
    web. Shame on Google for no longer positioning this post upper!
    Come on over and visit my web site . Thank you =)

  8. Excellent post. I was checking constantly this blog and I’m
    impressed! Very helpful info particularly the last part 🙂 I care for such information much.
    I was looking for this certain information for a long time.
    Thank you and best of luck.

  9. My coder is trying to convince me to move to .net from PHP.
    I have always disliked the idea because of the costs. But he’s tryiong none the less.
    I’ve been using WordPress on a variety of websites for about a year and
    am concerned about switching to another platform. I
    have heard very good things about blogengine.net. Is there
    a way I can transfer all my wordpress posts into it? Any help would be greatly appreciated!

  10. I am not sure where you’re getting your info, but great topic.

    I needs to spend some time learning more or understanding more.

    Thanks for great information I was looking for this info
    for my mission.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here