INFESTAÇÃO DE ESCORPIÃO ASSUSTA POPULAÇÃO NOVA-SERRANANSE

17
257
O país inteiro – e Nova Serrana não é exceção – tem sofrido com as visitas indesejadas dos escorpiões. O que nos deixa alarmados é o fato de eles preferirem o período do verão (dezembro a março), por serem dias quentes e úmidos e, mesmo em pleno inverno, continuarem presentes no dia-a-dia da população. Isso se deve ao excelente habitat que as cidades brasileiras fornecem a eles: abrigos em redes de esgoto, água e comida no lixo que não é recolhido e poucos inimigos naturais. De acordo com a Prefeitura, no ano passado foram registrados 82 acidentes com animais peçonhentos, a maioria deles com escorpiões: 72. Em seguida serpentes (8), lagarta (1) e aranha (1). Neste ano, até agora, já foram 4 acidentes, todos relacionados a escorpiões.
Em dezembro do ano passado a aparadeira Eliane Caroline de Oliveira, moradora do bairro Planalto, teve de correr para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) com o marido, pois ele havia sido picado por um escorpião. O sentimento de medo se tornou uma constante, uma vez que o casal tem um filho de apenas quatro anos de idade e pode ter contato com o animal.
Na última semana Camila Carvalho levou um susto. A gestante encontrou três escorpiões em menos de sete dias. Para ela, o governo municipal deveria fazer uma campanha de conscientização e ser mais incisivo nas ações. “Precisa notificar e multar donos de lotes sujos e quem joga entulho nesses lotes. Sempre teve escorpião demais na cidade, quando é um adulto sabe como agir, mas se fosse uma criança? O centro de controle de zoonoses desviaria fazer cartilhas ensinar a população como agir. Em uma semana achar três escorpiões em uma casa é muito. Uma picada pode ser fatal. Minha mãe é hipertensa, levou uma picada e quase morreu. Se fosse um bebê? Ou uma criança menor? Falta consciência da população e dos órgãos responsáveis”, disse.
A Prefeitura informou que já estão em curso, ações voltadas à limpeza de lotes vagos. A lei do lote limpo determina que os proprietários os limpem. Caso não façam, a prefeitura limpa e posteriormente cobra o trabalho ao inserir os nomes dos proprietários na sua dívida ativa. Neste momento, os proprietários estão sendo notificados. Já em março, após o período chuvoso, o governo municipal disse que iniciará o mutirão de limpeza. Sobre as unidades de saúde, o poder executivo disse que elas estão equipadas e preparadas para atender as ocorrências relacionadas a acidentes escorpiônicos. Veja as medidas de prevenção:
– Manter limpos quintais e jardins, não acumulando folhas secas, lixo e entulhos.
– Colocar o lixo em sacos plásticos fechados, para evitar baratas e outros insetos.
– Conservar camas e berços afastados, no mínimo, 10 centímetros da parede.
– Evitar que roupas de cama toquem o chão.
– Não pendurar roupas na parede.
– Inspecionar roupas, calçados, toalhas de banho e de rosto, roupas de cama, panos de chão e tapetes, antes de usá-los.
– Limpar periodicamente ralos de banheiro, cozinha e caixas de gordura.
– Rebocar frestas nas paredes, móveis e rodapés, para que não apresentem vãos.
– Usar telas nas aberturas dos ralos, pias e tanques.
– Proteger os predadores naturais dos escorpiões, como calangos, lagartixas, lacraias, corujas, sapos, macacos e galinhas.
– Manter as áreas limpas ao redor das residências, não acumular lenha e outros materiais que possam servir de abrigo para os escorpiões.
– Remanejar periodicamente material de construção que esteja armazenado, usando luvas de raspa de couro para proteger as mãos.
Caso encontre um animal peçonhento, afaste-se com cuidado e evite assustá-lo ou tocá-lo, mesmo que pareça morto, e procure a Secretaria de Saúde para orientações.
JORNAL GAZETA DE NOVA SERRANA, NOTÍCIA E INFORMAÇÃO EM 1° LUGAR! PARTICIPE DO NOSSO GRUPO NO WHATSAPP: (37)99972-8787

17 COMMENTS

  1. … [Trackback]

    […] Here you will find 80552 additional Info to that Topic: maisgazeta.com/infestacao-de-escorpiao-assusta-populacao-nova-serrananse/ […]

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here