NOVA SERRANA NÃO PODE NEGAR ATENDIMENTO; SAIBA COMO FUNCIONA O SISTEMA SUS-FÁCIL

20
264
“Por que o hospital de Nova Serrana recebe pacientes de outros municípios?”, “Se o CTI-Covid está cheio, por que continuar recebendo pessoas de fora?”.
Com a notícia de que quase 90% do setor CTI-COVID do Hospital São José está ocupado, e que boa parte dos leitos é ocupada por pacientes de outras cidades mineiras, esses têm sido alguns dos questionamentos de uma parcela da população nova-serranense.
Primeiro, há de se ressaltar que fere os princípios do Sistema Único de Saúde (SUS) negar atendimento a quem quer que seja. Portanto, continuarão vindo pacientes de outros municípios, assim como moradores daqui sempre foram/vão para outras cidades, antes mesmo de o coronavírus vir a existir.
Para explicar melhor o assunto, a nossa redação conversou com a secretária municipal de Saúde, Glaucia Sbampato. Segundo ela, Nova Serrana não pode se recusar a receber pacientes de outros municípios, pois os leitos SUS existentes no Hospital São José, estão disponíveis no Sistema SUS-Fácil e são gerenciados através desse programa, pelo médico da Central de Regulação Macro, situada em Divinópolis. “Este médico possuiu conhecimento técnico para identificar a capacidade instalada de cada hospital e, assim, direcionar os pacientes aos estabelecimentos mais próximos de sua origem, que possuam leito disponível para aceite, de acordo com o quadro clínico apresentado. Esse sistema de regulação se dá para pacientes Covid e não Covid. Lembrando que historicamente, toda a população de Nova Serrana é transferida também para leitos em outros municípios”, explica.
A secretária reforça ainda que a Central de Regulação é necessária para garantir o acesso aos serviços de saúde de forma adequada e igualitária a todos os pacientes. Ela surgiu como instrumento de gestão, que viabiliza o ordenamento da relação dos usuários com os prestadores de saúde e atua por fluxo de processo de regulação para o acesso aos leitos.
“No acesso aos leitos hospitalares vinculados ao SUS, a Central de Regulação de Leitos e Internações atua por competência de atuação, onde cada ente que compõe o processo possui uma função delimitada. Assim, o fluxo do processo de regulação é composto: pelas unidades solicitantes, que correspondem a porta de entrada do sistema; a central de regulação, a qual se refere à ponte de ligação entre o paciente e o serviço de saúde; e por último a unidade executante que se relaciona no estabelecimento de saúde executando o serviço de internação e atendimento especializado ao usuário”, detalha.
A central de leitos possui como função realizar a triagem, busca ativa de leitos vagos, regula, autoriza ou nega os cadastros solicitados no SUS FÁCIL. Prestam um serviço essencial funcionando de maneira ininterrupta, 24 horas por dia, todos os dias da semana. Por meio da ação regulatória é realizado o processo de autorização de Internação hospitalar, baseado nos protocolos clínicos e de regulação. Sendo assim, o paciente será internado em leito de urgência pelo SUS, de acordo com a disponibilidade de leito vago, perfil e quadro clínico do paciente e especialidade médica.
Diante disso, e do aumento da taxa de leitos em Nova Serrana, Sbampato pede que a população não deixe de adotar as medidas sanitárias.
“É de extrema urgência a adoção de medidas sanitárias, como isolamento Social, uso de mascara, etc… tendo em vista a alta taxa de ocupação dos leitos nas UTIs de todo Estado. É necessária essa conscientização para que a quantidade de atendimentos e internações solicitadas, não seja maior do que a capacidade instalada existente não só no município, mas de toda Macro Região e Estado de Minas”, alerta.
JORNAL GAZETA DE NOVA SERRANA, NOTÍCIA E INFORMAÇÃO EM 1° LUGAR! PARTICIPE DO NOSSO GRUPO NO WHATSAPP: (37)99972-8787

20 COMMENTS

  1. … [Trackback]

    […] Find More Information here to that Topic: maisgazeta.com/nova-serrana-nao-pode-negar-atendimento-saiba-como-funciona-o-sistema-sus-facil/ […]

  2. … [Trackback]

    […] Here you will find 4410 additional Info on that Topic: maisgazeta.com/nova-serrana-nao-pode-negar-atendimento-saiba-como-funciona-o-sistema-sus-facil/ […]

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here