UEMG DEFINE DISTRIBUIÇÃO DE VAGAS PARA CURSOS EM 2021

20
330
Estão definidas para o ano de 2021 as formas de ingresso de novos alunos nos cursos de graduação presenciais da Universidade do Estado de Minas Gerais: serão utilizadas as notas obtidas no ENEM (de 2018 a 2020) e o SiSU (Sistema de Seleção Unificada).
Enquanto somente vagas de ampla concorrência serão oferecidas pelo SiSU, o sistema de seleção próprio da UEMG, que utiliza o ENEM, será a alternativa para quem deseja concorrer também pelo sistema de reserva de vagas.
Nesta modalidade de participação, após a conclusão período de inscrição, o sistema próprio da UEMG, que possui comunicação com o banco de dados do Ministério da Educação, considerará automaticamente a maior nota do ENEM disponível entre os anos de 2018 e 2020 para classificar automaticamente os candidatos. A distribuição total de vagas para o próximo ano ocorrerá da seguinte forma:
I – 25% das vagas para candidatos do SiSU (somente ampla concorrência);
II – 75% das vagas para candidatos inscritos pelo ENEM, sendo distribuídos da seguinte forma:
a) 5% destinados ao ENEM/AMPLA CONCORRÊNCIA;
b) 20% destinado ao ENEM/REGIONALIZADO;
c) 50% destinados ao ENEM/PROCAN (Programa de Seleção Socioeconômica de Candidatos).
Quando o candidato for utilizar suas notas do ENEM para entrar na UEMG, ele preencherá sua inscrição e poderá, nesse momento, optar por concorrer a vagas com candidatos que tenham um perfil socioeconômico mais próximo de sua própria realidade.
Assim, 70% de todas as vagas da instituição estão reservadas para essa finalidade, contemplando desde quem mora nas regiões nas quais a UEMG está presente (ENEM/Regionalizado), até povos de origem indígena, quilombola e cigana (ENEM/PROCAN).
Para tanto, além da própria inscrição, os candidatos deverão encaminhar em formato digital uma série de documentos, que são indicados em edital e são específicos, dependendo da subcategoria para a qual for se inscrever.
Para concorrer pelo ENEM regionalizado, por exemplo, o candidato deverá enviar documentos que comprovam tanto sua residência no município em que a UEMG oferece o curso, quanto ter cursado o Ensino Médio em escolas públicas estaduais e municipais.
Já para quem pretende concorrer pelo PROCAN, também será necessário enviar documentação específica para comprovação de seu pertencimento a uma das cinco subcategorias:
I) Negros, egressos de escola pública e de baixa renda (21% das vagas);
II) Quilombolas, egressos de escola pública e de baixa renda (3%);
III) Indígenas, egressos de escola pública e de baixa renda (3%);
IV) Ciganos, egressos de escola pública e de baixa renda (2%);
V) Demais egressos de escola pública e de baixa renda (16%);
VI) Candidatos com deficiência (5%)
Os documentos comprobatórios correspondentes a cada subcategoria estarão listados em edital específico que a UEMG deverá publicar em janeiro do ano que vem.
Veja a lista de cursos/unidades no portal: http://www.uemg.br/
JORNAL GAZETA DE NOVA SERRANA, NOTÍCIA E INFORMAÇÃO EM 1° LUGAR! PARTICIPE DO NOSSO GRUPO NO WHATSAPP: (37)99972-8787

20 COMMENTS

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here