VACINAÇÃO CONTRA A MENINGITE É AMPLIADA EM NOVA SERRANA; VEJA A FAIXA ETÁRIA

1
160

 

Em virtude da baixa cobertura vacinal e do aumento no número de casos de meningite meningocócicas C no Estado de Minas Gerais, e em vários estados vizinhos, o Ministério da Saúde ampliou a faixa etária de administração da vacina meningocócica C em adultos jovens de 16 a 30 anos. Veja:

VACINAÇÃO SELETIVA da população não vacinada, com avaliação do cartão de vacina, de 16 a 30 anos de idade;

VACINAÇÃO SELETIVA da população não vacinada, com avaliação do cartão de vacina, de 16 anos de idade ou mais dos TRABALHADORES DA SAÚDE;

VACINAÇÃO SELETIVA da população não vacinada, com avaliação do cartão de vacina, de 16anos de idade ou mais dos TRABALHADORES DA EDUCAÇÃO;

VACINAÇÃO SELETIVA da população não vacinada, com avaliação do cartão de vacina, de ESTUDANTES UNIVERSITÁRIOS (escolas técnicas, faculdades, institutos e universidades públicas ou privadas) – sem limites de idade.

Na rotina dos serviços de saúde, a vacina meningocócica C (conjugada) ou ACWY não está indicada para gestantes e para mulheres no período de amamentação.

Reforçando: os adolescentes de 11 a 15 anos, deverão receber a vacina Meningocócica ACWY, na rotina dos serviços de saúde.

A meningite meningocócica (infecção das membranas que recobrem o cérebro) está entre as doenças imunopreveníveis mais temidas. Ela é causada pela bactéria Neisseria meningitidis (meningococo) e pode até provocar infecção generalizada. Todos os anos, entre 1.500 a mais de 3 mil brasileiros são acometidos pela doença. Pessoas não vacinadas de qualquer idade são vulneráveis, mas no Brasil a doença meningocócica (DM) é mais frequente entre crianças com até 5 anos.

A vacinação é a principal forma de prevenção da doença meningocócica. As vacinas são seguras e eficazes (em média, mais de 95% dos vacinados ficam protegidos), mas hoje se sabe que a proteção gerada pelas vacinas conjugadas (meningocócica C e ACWY) não é para toda a vida. O mesmo acontece com quem teve a doença, ou seja, a quantidade de anticorpos cai ao longo do tempo e o indivíduo deixa de estar protegido, daí a importância das doses de reforço.

Procure a unidade de saúde mais próxima. Leve cartão de vacinas, documentos pessoais e cartão do SUS.

JORNAL GAZETA DE NOVA SERRANA, NOTÍCIA E INFORMAÇÃO EM 1° LUGAR! PARTICIPE DO NOSSO GRUPO NO WHATSAPP: (37)99970-8780

1 COMMENT

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here